Conheça os pronomes e sua classificação

Pronome pessoal, possessivo, demonstrativo… Os nomes são vários e parecidos, por isso podem causar confusão. Para ajudar na sua compreensão, trouxemos neste post a classificação dos pronomes de maneira descomplicada. Mas, antes, vale lembrar o conceito: pronome é a palavra que substitui, retoma ou determina um substantivo na oração.

Pronome pessoal

Os pronomes pessoais são subdivididos em três tipos: pronomes pessoais do caso reto, pronomes pessoais oblíquos e pronomes pessoais de tratamento.

Os pronomes pessoais do caso reto substituem o substantivo e assumem função de sujeito ou de predicativo do sujeito. São eles: eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas. Exemplos:

  • Nós fomos à aula.
  • Eu não sou ele.

Já os pronomes pessoais oblíquos são tônicos ou átonos. No primeiro caso, aparecem precedidos de preposição, substituindo um substantivo que tem função de objeto indireto. São pronomes pessoais oblíquos tônicos: mim, comigo, ti, contigo, ele/ela, si, consigo, nós, conosco, vós, convosco, eles/elas. Por exemplo:

  • João gosta de mim.
  • Você vai conosco?

Os pronomes oblíquos átonos, por sua vez, não sucedem a preposição, podendo substituir substantivos com função tanto de objeto direto quanto indireto. São eles: me, te, o, a, lhe, se,  nos, vos, os, as, lhes. Por exemplo:

  • Conheci-a na festa.
  • Homenagearam-me na festa.

Os pronomes de tratamento são uma forma de se dirigir às pessoas de acordo com seus atributos ou qualidades. São muito usados no setor judiciário, por exemplo. Alguns pronomes de tratamento são: você, senhor, senhora, senhorita, Vossa Senhoria, Vossa Excelência, Vossa Eminência, Vossa Santidade, Vossa Reverendíssima, Vossa Alteza, Vossa Majestade, Vossa Magnificência, Vossa Paternidade, Vossa Majestade Imperial, Vossa Onipotência.

  • Vossa Excelência já encerrou seu trabalho?
  • Vossa Santidade, o Papa Francisco, veio ao Brasil.

Pronome possessivo

São possessivos os pronomes que substituem ou acompanham o substantivo, indicando relações de posse (coisas possuídas e possuidores, de acordo com as pessoas do discurso). São: meu, minha, meus, minhas, teu, tua, teus, tuas, seu, sua, seus, suas, nosso, nossa, nossos, nossas, vosso, vossa, vossos, vossas.

  • Este carro é meu.
  • Guardei nossas roupas.

Pronome demonstrativo

O pronome demonstrativo substitui ou acompanha o substantivo, indicando a posição dos seres em relação às pessoas que participam do discurso, podendo ser contraídos às “em”, “de” e “a”. São pronomes demonstrativos: este(s), esta(s), esse(s), essa(s), isto, isso, aquele(s), aquela(s), aquilo.

  • De quem é aquele lápis?
  • Saiba mais neste texto.

Pronome interrogativo

O pronome interrogativo é usado em perguntas diretas e indiretas. São eles: qual(is), quanto(s), quanta(s), que, quem.

  • Quanto custa?
  • Que horas são?

Pronome relativo

O pronome relativo retoma um substantivo ou pronome que já foi citado anteriormente na oração. São eles: que, quem, onde, o qual, a qual, os quais, as quais, cujo(s), cuja(s), quanto(s), quantas. Veja as frases:

  • A escola onde estudei era católica.
  • Este é o livro cuja história é emocionante.

Pronome indefinido

O pronome indefinido aplica-se à terceira pessoa, substituindo ou acompanhando o substantivo de maneira vaga, imprecisa ou expressando uma quantidade indefinida. São exemplos de pronomes indefinidos: algum, alguém, ninguém, nada, tudo, algo, outrem, várias, bastante(s), todo(s), todos, certo, qualquer, etc.

  • Ninguém quer fazer a atividade.
  • Vimos alguém entrar na sala.

Pronome adjetivo e pronome substantivo

O pronome liga-se ao substantivo de duas maneiras: acompanhando-o ou substituindo-o.

Os pronomes adjetivos acompanham substantivos, fazendo papel de adjetivo e modificando o substantivo. Por exemplo:

  • Meu carro é vermelho.
  • Aquela criança é órfã.

Já os pronomes substantivos são aqueles que substituem os substantivos na frase. Por exemplo:

  • Poucos conhecem o artista.
  • Muitos foram selecionados para a vaga.

Esperamos ter ajudado você a conhecer mais sobre os pronomes e sua classificação neste post! Para ficar por dentro de outras dicas e turbinar seu conhecimento em língua portuguesa, acompanhe o site do Professor Nolsen!

Compartilhar:

Deixe uma resposta