Adjetivos: classificação e exemplos

Você, com certeza, está sempre lendo sobre eles. Fazem parte de uma das primeiras classes de palavras a serem estudadas na escola. Então por que ainda causam tanta dúvida? Porque costumam ser estudados apenas isoladamente e não de maneira contextualizada. No post de hoje, vou abordar os adjetivos, sua função e classificações. Também vou citar exemplos para que você nunca mais tenha dúvida a respeito! Quer saber mais? Vem comigo! (mais…)

Nunca mais erre isto! Como utilizar as expressões “através de” ou “por meio de”?

Muita gente utiliza as expressões “através de” e “por meio de” como sinônimas. Há, inclusive, estudiosos e dicionários que, atualmente, consideram ambas como equivalentes, afirmando que podem ser utilizadas nas mesmas situações. Porém, de acordo com a norma culta, as duas locuções possuem sentidos específicos; portanto, para que haja mais clareza na comunicação, o recomendado é que sejam empregadas em contextos diferentes. Veja o porquê. (mais…)

Nunca mais erre isto! Qual o jeito certo de usar a expressão “o mesmo”?

Um equívoco muito cometido pelos falantes da língua portuguesa é o uso da expressão “o(a) mesmo(a)” para substituir pronome ou substantivo em uma oração. Um exemplo clássico, que você certamente já viu por aí, é a famosa placa:

• “Antes de entrar no elevador, verifique se O MESMO encontra-se neste andar.”

E aí, será que essa colocação é adequada? (mais…)

Domine a análise sintática

Domine a análise sintática

Quando iniciamos nossos estudos em língua portuguesa, é normal aprendermos a função das palavras de maneira isolada. Por exemplo, verificamos a função de um substantivo, de um adjetivo, de um verbo e assim por diante. Observamos, de modo geral, que substantivos nomeiam, adjetivos caracterizam, verbos denotam ações. Dessa maneira, nos dedicamos a uma análise morfológica, ou seja, uma análise da palavra em si.  (mais…)

Aprenda divisão silábica de uma vez por todas

Aprenda divisão silábica de uma vez por todas

Pode parecer engraçado, mas este é um dos temas que mais gera dúvida no falante da língua portuguesa. “E por que isso é engraçado, professor?” Simplesmente porque, após iniciarmos nosso processo de alfabetização, a divisão silábica está entre os primeiros conteúdos com os quais temos contato. Aprendemos a dividir uma palavra em sílabas quando ainda somos extremamente jovens e, quando nos tornamos adultos, ficamos com a sensação de nunca ter aprendido isso. É engraçado termos mais dificuldade naquilo que é considerado mais básico, não é mesmo? A partir de hoje, proponho a você ler este post, um guia rápido e prático, e nunca mais ter dúvidas a respeito! Vamos começar? (mais…)