Classicismo

Classicismo

Quando falamos em Classicismo, devemos sempre associá-lo ao Renascimento, que envolve a retomada dos princípios clássicos, ou seja, dos valores greco-romanos.

O contexto do Classicismo compreende o final do século XV e o século XVI, época em que Portugal vivia seu auge devido às grandes navegações. Nesse ambiente de prosperidade econômica, muitas famílias portuguesas passaram a encaminhar seus filhos para estudar na capital cultural do mundo: Florença (Itália). (mais…)

Humanismo | Professor Noslen

Humanismo

O Humanismo destacou-se por ser um período de transição da Era Medieval para a Era Moderna e suas origens remontam à Itália do século XV. Deixando de lado o pensamento teocêntrico, característico da Idade Média, o Humanismo provocou uma grande mudança cultural na história da humanidade ao colocar o ser humano no centro de suas reflexões, fortalecendo o Antropocentrismo. (mais…)

Trovadorismo - Cantigas

Trovadorismo – Cantigas

Na Idade Média, os trovadores garantiam a diversão da corte ao som do instrumento musical. Isso porque, fora do contexto católico, que ditava a cultura oficial, também havia a produção de uma cultura popular. O Trovadorismo, portanto, refere-se à poesia dos trovadores, ou seja, ao poema feito à base de instrumentos musicais. Por isso, música e poesia são a mesma coisa, tanto é que chamamos de cantigas os poemas dessa escola literária. (mais…)

Trovadorismo - Contexto Histórico

Trovadorismo – Contexto Histórico

A literatura é a expressão do pensamento do homem de acordo com o período histórico em que ele vive. Por isso, quando estudamos literatura, devemos sempre relacionar as escolas literárias e suas características ao contexto histórico e cultural em que elas estão inseridas. O contexto histórico do Trovadorismo, por exemplo, foi a Idade Média, período marcado pelo Teocentrismo e pelo Feudalismo. Esses aspectos influenciaram diretamente as produções literárias dessa época, tanto que suas características podem ser facilmente identificadas nas cantigas. (mais…)

Escansão

Escansão

Fazer a escansão de um poema é o exercício de contar as sílabas poéticas que compõem os seus versos. Essa contagem, no entanto, possui algumas especificidades, o que faz com que as sílabas poéticas sem sempre coincidam com as sílabas gramaticais. O que precisamos ter em mente é que, na poesia, a manutenção do ritmo é de extrema importância. Por isso, a última sílaba tônica do verso é que determina o fim da escansão e, em alguns casos, quando houver proximidade de vogais pertencentes a palavras diferentes, pode haver união fonética. (mais…)

Gêneros Literários

Gêneros Literários

Estudar teoria literária é o primeiro passo para podermos realizar uma leitura mais complexa e especializada das literaturas portuguesa e brasileira.
Antes de abordarmos as escolas literárias, por exemplo, precisamos conhecer quais são os gêneros próprios da literatura, que se dividem em três categorias básicas: gênero épico, gênero lírico e gênero dramático. (mais…)