Classicismo

Classicismo

Quando falamos em Classicismo, devemos sempre associá-lo ao Renascimento, que envolve a retomada dos princípios clássicos, ou seja, dos valores greco-romanos.

O contexto do Classicismo compreende o final do século XV e o século XVI, época em que Portugal vivia seu auge devido às grandes navegações. Nesse ambiente de prosperidade econômica, muitas famílias portuguesas passaram a encaminhar seus filhos para estudar na capital cultural do mundo: Florença (Itália).

Berço de uma cultura artística voltada aos aspectos humanos, Florença foi responsável pela retomada dos valores greco-romanos em detrimento da cultura medieval. A isso damos o nome de influência clássica, e o Classicismo, portanto, foi a literatura do Renascimento.

Além disso, se colocarmos o Trovadorismo, o Humanismo e o Classicismo em uma linha do tempo, podemos perceber que a humanidade caminhou da busca pela espiritualidade para a satisfação da vida material. O auge dessa caminhada foi justamente o Classicismo, período em que o ser humano chegou ao apogeu de uma era antropocêntrica, moderna, e passou a dar mais valor à sua capacidade, ao conhecimento e aos estudos, deixando de lado a referência teocêntrica da Idade Média.

Confira essas e outras características sobre o Classicismo no vídeo de hoje!

Compartilhar:

Deixe uma resposta