Dez-dicas-para-aprender-português-de-uma-vez-por-todas

Dez dicas para aprender português de uma vez por todas

Você tem dificuldade para entender gramática, produzir um bom texto ou até mesmo interpretar algum? Isso é mais comum do que se imagina, mas acredite, existe solução! Não estamos prometendo a fórmula mágica para aprender a língua portuguesa. Pode perguntar para qualquer pessoa que saiba usar a gramática a seu favor escrevendo um bom texto ou apresentando uma oratória impecável. Elas não chegaram lá através de mágica, mas com muito trabalho. Já leu ou ouviu a expressão no pain no gain? Muita gente a usa por aí! E não usa à toa! Como muitos já sabem, ela vem do inglês e significa “sem dor, sem ganho”!

Dominar a língua portuguesa é resultado de um processo trabalhoso, porém compensador! Não se trata apenas de conseguir um bom emprego, mas de compreender o mundo, interpretá-lo, agir para mudá-lo! Dominar uma língua nos dá o poder de agir como cidadãos, expressarmo-nos adequadamente, interagir satisfatoriamente, saber o que dizer, quando dizer, assumir posicionamentos, falar em público com segurança e outras centenas de “etc.” que poderíamos citar. Linguagem é poder!

Veja as dicas que elencamos para você aprender língua portuguesa de uma vez por todas!

  1. LEITURA

Não adianta querer aprender língua portuguesa e dominar todas as suas nuances se você não gosta de ler. Este é provavelmente o aspecto mais importante do processo de aprendizagem de uma língua, seja materna ou não. Quando começamos a ser alfabetizados, precisamos fazer uma leitura das letras, depois das sílabas, para, então, formar palavras e escrevê-las, não é mesmo? Isso significa que este processo nos acompanha desde sempre e para a vida toda.

Leia muito! Sempre! Ter contato com livros, jornais, revistas e com os mais variados gêneros textuais é muito importante para ampliar nosso vocabulário, nosso conhecimento de mundo e nosso posicionamento crítico a respeito da realidade que nos circunda.

Ler apenas uma vez o mesmo texto já é o suficiente? Não! Já ouviu alguém contar que quando viu o mesmo filme pela segunda vez percebeu detalhes para os quais não havia atentado na primeira vez? Com a leitura é a mesma coisa! Num primeiro momento, você capta o conteúdo que está sendo apresentado. Na segunda etapa, sua mente se abre para os detalhes de cada parágrafo. Durante a terceira leitura (sim, ela é necessária!), você pode sublinhar as informações mais importantes, elas podem te fazer chegar às entrelinhas, ou seja, àquelas ideias subentendidas que só percebemos através de uma boa interpretação.

  1. ESCRITA É TRABALHO

Nunca se esqueça da afirmação que você acabou de ler! Escrita não é um simples momento de inspiração. Pergunte para qualquer autor ou autora e eles confirmarão que este processo exige produção, correção, reescrita(s). Atualmente, os professores já trabalham, nas escolas, com, no mínimo, duas versões de um mesmo texto. Os alunos produzem, o professor corrige individualmente e aponta coletivamente o que que precisa ser revisto.

Quer escrever bem? Leia muito e escreva ainda mais. Uma dica, quando for possível, é deixar a primeira versão guardada por algum tempo. Volte a ela dias depois, você vai perceber inadequações e muitas melhorias a serem realizadas! Escrever dá muito trabalho, mas nada mais empolgante que ler um bom texto produzido por alguém que sabe abordar o seu conteúdo.

  1. DICIONÁRIO

Você acredita que muitas crianças e adolescentes não sabem manusear um dicionário físico? Além disso, nem sempre utilizam as versões digitais, que podem ser encontradas na internet. Quantas vezes, em suas leituras, você já se deparou com palavras cujo significado não conhecia? Sempre que possível, pesquise palavras novas e procure usá-las na escrita e na oralidade. Quando menos se der conta, elas deixarão de ser um mistério.

  1. HÁBITO DE ESTUDO

Se você ainda é estudante, deve saber que tornar o estudo um hábito te ajuda a memorizar e compreender os conteúdos de língua portuguesa. Independente de estar frequentando o ensino regular, tire, sempre que puder, um tempo do seu dia para estudar. Trinta minutos são suficientes.

Não adianta ouvir a explicação de seus professores e não dar continuidade aos estudos quando estiver em casa. Disciplina é muito importante para a aprendizagem.

  1. COESÃO TEXTUAL

Evite a repetição de palavras na escrita e na fala! Utilize a gramática a seu favor, fazendo substituições sempre que necessário. Você pode, por exemplo, substituir um substantivo por um pronome pessoal ou usar um pronome demonstrativo para resumir uma ideia que tenha acabado de mencionar. Elipses – a eliminação das repetições sem que se faça substituição – também são bem-vindas quando possíveis.

  1. GRAMÁTICA CONTEXTUALIZADA

Gramática não foi feita para ser decorada, mas compreendida! Procure entender a função de cada regra na língua, as horas dedicadas ao estudo vão te ajudar nisso! Fica muito mais fácil quando você compreende, por exemplo, que uma oração subordinada substantiva subjetiva faz o papel do sujeito que não se encontra na oração principal.

  1. INTERNET

Usamos a internet para tudo hoje em dia, não é mesmo? Temos aulas em plataformas de vídeo, textos em blogs como este que você acompanha, professores que atendem e ensinam on-line. Por que não usar isso a seu favor? Nestes tempos modernos em que cada minuto é precioso, a internet se torna um instrumento de grande valia para a sua aprendizagem.

  1. NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO PRECISA SER CONHECIDO

Não adianta todo o esforço empreendido em seus estudos se você não conhece o novo acordo ortográfico firmado entre países falantes do idioma. Atualmente, já é possível encontrar na web vários resumos que vão te ajudar a compreender o que muda e o que permanece intacto na língua portuguesa. Em suas atividades de escrita procure utilizar as novas regras, assim elas serão facilmente internalizadas.

  1. CONSULTAS A PROVAS

Procure testar seu conhecimento. Pesquise provas de antigos vestibulares, concursos ou até mesmo do Enem. Procure inseri-las aos seus trinta minutos diários de estudos. Elas são ótimas para interpretação de texto, análise gramatical e produção textual.

  1. NÃO DESISTA!

Sim, o esforço é grande, mas lembre-se: é compensador! Ele te dá o poder de mudar o próprio destino. A organização e a motivação constante levam à excelência.  Se você fizer dessas dicas um hábito, os resultados serão permanentes e você vai dominar a língua portuguesa e todos os seus aspectos!

Compartilhar:

6 comentários

  1. Atualmente o que tem me deixado fora das vagas de concursos público é a Língua Portuguesa, consigo trilhar bons resultados em diferentes matérias cobradas nas provas, com exceção da língua mãe. Prestei concursos para Prefeitura Municipal (Professor Educação Básica), PM, Instituto Federal, Universidade Federal todas com péssimo resultado em português.

    1. Não desista Felipe! MUito estudo, dedicação e você conseguirá! Treinar e treinar e treinar. Abraços.

  2. Obrigada pelas orientaçoes….Valeu muito…

  3. Ótimas orientações, professor adoro suas aulas que tem me ajudado muito. Obrigada!

  4. Valeu professor pelas dicas, vou abraça-las….

Deixe uma resposta para Izabel Alves De Macedo Cancelar resposta