Literatura Contemporânea

Literatura Contemporânea

 

Falar sobre a Literatura Contemporânea é um pouco difícil, afinal, ela ainda está acontecendo, ainda está sendo produzida na atualidade.

A nomenclatura, por exemplo, é uma dessas dificuldades. Diferentemente das escolas literárias anteriores, a literatura produzida nos dias atuais ainda não possui um nome estipulado. Por ora, tem-se utilizado a expressão Literatura Contemporânea justamente para indicar que se trata do que é produzido na contemporaneidade. Há, no entanto, autores e vestibulares que utilizem o nome Pós-Modernismo para fazer referência a esse período, por isso vale a pena ficar atento quanto a essa nomenclatura.

Outra dificuldade diz respeito ao marco inicial da Literatura Contemporânea, porque não existe, por enquanto, uma convenção quanto à sua data de origem. Predomina, porém, a referência a 1960 em diante, principalmente por ter sido uma década de grandes revoluções culturais no mundo.

No caso da Literatura Contemporânea, não podemos falar especificamente sobre suas características, mas, sim, sobre as diversas tendências desse período. Na poesia, por exemplo, destacam-se o Concretismo, a Poesia Práxis, o Poema-Processo, a Poesia Social e a Poesia Marginal. Na prosa, também há diferentes linhas temáticas, como a violência e o submundo das grandes cidades, as narrativas intimistas e a ficção histórica.

E aí, quer saber mais sobre a Literatura Contemporânea? Confira o vídeo desta semana no meu canal do YouTube!


Espero que de alguma forma esse conteúdo tenha te ajudado. Mas o que acha de assinar a minha Plataforma de Estudos 2.0 e melhorar ainda mais seus estudos no colégio, no cursinho ou tirar aquela nota máxima no Enem?

E como eu realmente quero te ajudar, eu liberei algumas aulas gratuitas da minha plataforma pra você. 

Bora dominar o português e conquistar seus objetivos? Clique aqui e aproveite gratuitamente! 

 

SAIBA MAIS

> Modernismo 1ª Geração

> Modernismo 2ª Geração – Poesia

Modernismo 3ª Geração – Prosa

 

Me acompanhe também nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram, e se inscreva no Youtube.

Compartilhar:

Deixe uma resposta