Nunca mais erre isto! O correto é “houve” ou “ouve”?

Palavras homônimas são aquelas que possuem significados diferentes, mas grafia e/ou pronúncia iguais. É exatamente essa semelhança que causa confusão entre os usuários da língua no momento de empregá-las.

As palavras “houve” e “ouve” são exemplos disso. Ambas existem na Língua Portuguesa e são formas conjugadas de verbos. No entanto, como o “h” é uma consoante muda, “houve” e “ouve” são termos homônimos homófonos, isto é, têm a mesma pronúncia, mas grafia e sentidos diferentes.

“Houve” é o verbo “haver” conjugado na 3.ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo. Nesse caso, é impessoal, não tem sujeito e possui o sentido de “existir”. Veja este exemplo:

• HOUVE muitas brigas nos estádios.

“Ouve” é o verbo “ouvir” conjugado na 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo ou na 2.ª pessoa do singular do imperativo. Seu sentido é relativo à audição. Observe:

• Ele não OUVE muito bem.

Muito fácil, né? Então se liga neste macete para não errar mais:

• “Houve” começa com “H” de “Haver”.
• “Ouve” começa com “O” de “Ouvir”.

Espero que de alguma forma esse conteúdo tenha te ajudado. Mas o que acha de assinar a minha Plataforma de Estudos 2.0 e melhorar ainda mais seus estudos no colégio, no cursinho ou tirar aquela nota máxima no ENEM?

E como eu realmente quero te ajudar, eu liberei algumas aulas gratuitas da minha plataforma pra você.

Bora dominar o português e conquistar seus objetivos? Clique aqui e aproveite gratuitamente! 

SAIBA MAIS

> Nunca mais erre isto! Qual o jeito certo de usar a expressão “o mesmo”?

> Nunca mais erre isto! Como utilizar as expressões “através de” ou “por meio de”?

Guia Definitivo da Crase: baixe aqui gratuitamente!

Compartilhar:

Deixe uma resposta