Parnasianismo no Brasil

Parnasianismo no Brasil

No Brasil, o Parnasianismo se desenvolveu a partir de 1882, com a publicação da obra “Fanfarras”, de Teófilo Dias. Aqui, foi uma escola importante, influente e bem aceita pelo público leitor da elite carioca, diferentemente de Portugal, onde foi um movimento inexpressivo e de pouca influência. O Parnasianismo no Brasil manifestou-se na poesia, e uma de suas principais marcas foi o apego à forma de escrever. Os autores dessa escola tinham, portanto, uma preocupação maior com a arte pela arte. Isso significa que eles aderiram, dentre as características do movimento, ao culto à forma, à preocupação com a métrica, a estética e a versificação. Três autores merecem destaque no Parnasianismo no Brasil: Olavo Bilac, Alberto de Oliveira e Raimundo Correia. Conhecidos como a “Tríade Parnasiana”, eles realmente marcaram essa escola a ponto de o Modernismo, movimento posterior, encontrar certa dificuldade para se consolidar. E aí, quer saber mais sobre o Parnasianismo no Brasil? Então acesse o link:


BANNER-EBOOK-ENEM

Compartilhar:

Deixe uma resposta