Qual a diferença entre fonema e letra?

Qual a diferença entre fonema e letra?

Certamente, a fonologia precisa dar conta de questões, muitas vezes, bastante complexas para a maioria das pessoas. Isso ocorre porque muito do que lemos a respeito nos apresenta uma abstração difícil de entender. Pensando nisso, considerei adequado escrever sobre alguns conceitos básicos concernentes a esta área da língua portuguesa, conceitos esses cobrados com certa frequência em exames seletivos de concursos públicos e afins. 

No texto de hoje, vamos abordar a diferença entre fonema e letra. Já sentiu calafrios? Eu sei, parece um conteúdo de outro mundo num primeiro momento, mas acredite: é muito simples!

Para começar, vamos atentar para algumas questões básicas. Venha comigo!

O que é fonema?

São os sons que nós produzimos o tempo todo quando falamos. Suas unidades sonoras se juntam formando palavras e até enunciados completos, o que permite uma interação perfeita com nossos interlocutores. 

O que é letra? 

São as unidades gráficas, ou seja, a representação, na escrita, dessas palavras que pronunciamos.

Assim, podemos, resumidamente, afirmar que, enquanto os fonemas representam os sons, as letras representam a escrita. 

Quando precisamos representar um fonema, ou seja, um som na escrita, usamos as barras: / /. Elas nos ajudam com tal representação já que nem sempre é possível termos acesso à escrita ou digitação dos símbolos mais complexos. 

É importante lembrar que fonema e letra não são a mesma coisa, portanto nem sempre terão a mesma representação gráfica. O fonema /z/, por exemplo, pode ser representado pelas letras z, s, x. Vejamos.

Exame = /e/ /z/ /a/ /m/ /e/

Como mencionamos agora há pouco, existem símbolos completamente diferentes daqueles com os quais estamos familiarizados. Eles são usados para representar um som, é o caso de /ʃ/ que, na escrita, diz respeito à consoante x. Portanto, para representar a palavra chefe, por exemplo, temos: /ʃɛfe/. O segundo fonema da sequência representa a vogal aberta “e”.

Ainda exemplificando as particularidades de fonema e de letra, vejamos mais uma palavra que deixa clara a diferenciação entre ambos. Observe. 

Sexo = /sekso/

Podemos dizer que a palavra “hoje” (/oƷe/) tem 4 letras e 3 fonemas. Assim acontece também com a palavra guia (/gia/) que tem 4 letras e 3 fonemas. Neste último caso, podemos observar a ocorrência de um dígrafo, que corresponde ao encontro de duas consoantes com apenas um som. Viu como uma coisa leva a entender outra?

Os fonemas podem representar vogais, semivogais e consoantes e são classificados como sonoros (quando há vibração das cordas vocais durante sua pronúncia) e surdos (quando não há vibração das cordas vocais durante sua pronúncia).

Fonemas sonoros: /z/ /v/ /j/ /d/ /g/.

Fonemas surdos: /f/ /s/ /x/ /t/ /k/.

Vamos verificar agora alguns exemplos gerais do uso dos fonemas. 

 

Fonema e dígrafo consonantal: trabalho = /t/ /r/ /a/ /b/ /a/ /lh/ /o/ (8 letras e 7 fonemas).

Fonema e dígrafo vocálico: dança = /d/ /ã/ /s/ /a/ (5 letras e 4 fonemas), aqui temos um caso de nasalização.

Fonema e a letra x: perplexo = /p/ /e/ /r/ /p/ /l/ /e/ /k/ /s/ /o/  (8 letras e 9 fonemas); exausto = /e/ /z/ /a/ /u/ /s/ /t/ /o/ (7 letras e 7 fonemas); xarope = /x/ /a/ /r/ /o/ /p/ /e/ (6 letras e 6 fonemas).

Fonema e a letra s: casa = /k/ /a/ /z/ /a/ (4 letras e 4 fonemas); disse = /d/ /i/ /s/ /e/ (5 letras e 4 fonemas).

Este foi um panorama geral para você compreender que letra e fonema, definitivamente, não são a mesma coisa. Enquanto a primeira representa a grafia, o segundo representa o som. Ambos criam conjuntos responsáveis pela formação das palavras, seja na fala ou na escrita. 

Fácil, não é mesmo?

Abraços e bons estudos!


banner-ebook-enem

Compartilhar:

4 comentários

  1. Show de bola Professor!!!
    Muito simples a sua didática.
    Fácil de absorver.
    Parabéns!!!

  2. Oi Prof. Tudo bem com você?
    Votei agora pouco em você para o prêmio de influenciador digital!
    Prof. nesse exemplo não seriam 6 letras e 6 fonemas?
    Abraço.

    xarope = /x/ /a/ /r/ /o/ /p/ /e/ (2 letras e 6 fonemas).

    1. Opa, Gabriela, é isso mesmo! Deve ter sido um errinho de digitação.
      Valeu pelo feedback! Vamos arrumar!
      Abraço!

Deixe uma resposta